Primeira Página

Edições Publicadas


Expediente
Nota aos colaboradores
Índice dos volumes
 
  BUSCA na Revista
consulta avançada
 
  Créditos
  Editora PUC-Rio
  Entre em contato

 Powered by Publique!
Revista Comunicação, Cultura e Política

ISSN 1518-8728 (Impresso)

ISSN 2175-7402 (On-line)

PUC-Rio
Voltar
Alceu 23

Câmeras de vigilância e cultura da insegurança: percepções sobre as câmeras de vigilância da UFBA
Por: André Lemos, Camila Queiroz, Egideílson Santana, Frederico Fagundes e Gabriela Baleeiro

Resumo

Este artigo apresenta os resultados da enquete realizada entre os meses de março e julho de 2010 pelo Grupo de Pesquisa em Cibercidade (GPC/PPGCCC/Facom-UFBA) sobre a implantação de câmeras de vigilância no campus de Ondina da Universidade Federal da Bahia. Recém implantadas no ambiente universitário, as câmeras de vigilância fazem parte de um grande arsenal de tecnologias de comunicação e de visibilidade utilizado para aumentar
as formas de vigilância, controle e monitoramento nas sociedades contemporâneas. Este artigo problematiza essa questão através do conceito de “sujeito inseguro” e mostra como a implementação das câmeras de vigilância no campus Universitário da UFBA se deu em um contexto de determinismo tecnológico, de incompreensão sobre os aspectos relativos à privacidade e ao anonimato e de insegurança generalizada.

Palavras-chave
Câmeras; UFBA; Vigilância.

Abstract

This article introduces the results of a survey conducted between March and July 2010 by the Cybercity Research Group (Grupo de Pesquisa em Cibercidades – GPC / PPGCCC / Facom - UFBA) on the establishment of surveillance cameras at Ondina campus of Federal University of Bahia (Universidade Federal da Bahia, UFBA), Brazil. Lately established in the university environment, the surveillance cameras are part of a large arsenal of communication and visibility technologies used to increase the surveillance forms, control and monitoring in contemporary societies. This article put in doubt this issue through the concept of “insecure subject” and shows how the establishment of surveillance cameras at Ondina campus of UFBA took place in a context of technological determinism, lack of understanding on issues pertinent to privacy and anonymity and widespread insecurity.

Keywords
Cameras; Surveillance; Communication; Cyberculture.



Câmeras de vigilância e cultura da insegurança: percepções sobre as câmeras de vigilância da UFBA

 




Caso não tenha instalado em seu navegador o plugin do "Acrobat Reader", necessário à visualização de arquivos de formato .PDF, faça o download gratuíto. Faça o download clicando aqui!

Versão para impressão:

:: Outras matérias ::
anterior < Política cultural e consumo na região amazônica: um estudo dos públicos da Estação das Docas em Belém do Pará
próxima > O sensacionalismo e o jornal: casos pioneiros

^ Topo

» Primeira Página » Expediente  » Nota aos colaboradores  » Índice dos volumes   » Entre em contato

Powered by Publique!