Primeira Página

Edições Publicadas


Expediente
Nota aos colaboradores
Índice dos volumes
 
  BUSCA na Revista
consulta avançada
 
  Créditos
  Editora PUC-Rio
  Entre em contato

 Powered by Publique!
Revista Comunicação, Cultura e Política

ISSN 1518-8728 (Impresso)

ISSN 2175-7402 (On-line)

PUC-Rio
Voltar
Alceu 19

O financiamento do cinema no Brasil: as leis de incentivo e a possibilidade de autonomia
Por: Patrícia Bandeira de Melo


Resumo
A proposta deste artigo é apresentar estudos iniciais sobre o modelo de financiamento para a produção cinematográfica no Brasil, correspondendo ao princípio da pesquisa que está sendo feita na Fundação Joaquim Nabuco. A intenção é refletir sobre o fomento estatal e privado ao cinema, lançando os primeiros passos do estudo sobre a oportunidade futura de autonomia do setor. Para isso, partimos de dados secundários que indicam a destinação de recursos para a produção cinematográfica brasileira.

Palavras-chave
Economia Política da Comunicação; Indústrias culturais; Cinema; Políticas públicas.

Abstract
The aim of this paper is to present initial studies on the model of financing for film production in Brazil, corresponding to the principle of research being done at the Fundação Joaquim Nabuco. The intention is to reflect on the state and encouraging the private cinema, launching the first steps of the study on the possibility of future autonomy of the sector. To do so, start from secondary data indicate that the allocation of resources for the Brazilian film production.

Keywords
Political Economy of Communication; Cultural industries; Movies; Public policies.


O financiamento do cinema no Brasil: as leis de incentivo e a possibilidade de autonomia



Caso não tenha instalado em seu navegador o plugin do "Acrobat Reader", necessário à visualização de arquivos de formato .PDF, faça o download gratuíto. Faça o download clicando aqui!

Versão para impressão:

:: Outras matérias ::
anterior < J.: a escolha pela opacidade e as condições restritivas
próxima > Leitura na contemporaneidade: linearidades e hipertextualidades na relação dos sujeitos com o texto

^ Topo

» Primeira Página » Expediente  » Nota aos colaboradores  » Índice dos volumes   » Entre em contato

Powered by Publique!