Primeira Página

Edições Publicadas


Expediente
Nota aos colaboradores
Índice dos volumes
 
  BUSCA na Revista
consulta avançada
 
  Créditos
  Editora PUC-Rio
  Entre em contato

 Powered by Publique!
Revista Comunicação, Cultura e Política

ISSN 1518-8728 (Impresso)

ISSN 2175-7402 (On-line)

PUC-Rio
Voltar
Alceu 27

O personagem mira o dispositivo: investimentos subjetivos em "Santo forte" e "A falta que me faz"
Por: Mariana Duccini Junqueira da Silva

Resumo
Os documentários "Santo forte" (1999), de Eduardo Coutinho, e "A falta que me faz" (2009), de Marília Rocha, fundamentam-se em uma retirada estética dos realizadores para garantir o espaço à construção, pelos personagens, de suas formas de inscrição nos filmes. É na contrapartida dessa estratégia enunciativa que buscamos pensar o lugar do personagem em uma relação de crença ou descrença quanto ao estatuto do documentário. Essa modulação dá a ver as formas como os personagens se investem na narrativa – e dela se autoinvestem – reordenando nos relatos suas estratégias de negociação com o mundo sensível, já que dele não se desvencilham quando chegam ao filme.

Palavras-chave
Documentário; Personagem; Mise en scène; Santo forte; A falta que me faz.

Abstract
Brazilian documentaries Santo forte (Eduardo Coutinho, 1999) and A falta que me faz (Marília Rocha, 2009) are based on their directors’ aesthetic withdrawal in order to ensure the development of characters’ self mise en scène. As a counterpart of this enunciative strategy, we consider the characters’ possibilities of belief or disbelief in the documentary device. This sort of relation shows the ways the subjects invest themselves in the film in order to re-arrange their own ways of dealing with the concrete world, as they do not left it behind when they are put in film.

Keywords
Documentary; Character; Mise en scène; Santo forte; A falta que me faz.


O personagem mira o dispositivo: investimentos subjetivos em "Santo forte" e "A falta que me faz"




Caso não tenha instalado em seu navegador o plugin do "Acrobat Reader", necessário à visualização de arquivos de formato .PDF, faça o download gratuíto. Faça o download clicando aqui!

Versão para impressão:

:: Outras matérias ::
anterior < Capitalismo e cinema
próxima > Aparições e reaparições da ficção científica no cinema brasileiro: elementos para uma história

^ Topo

» Primeira Página » Expediente  » Nota aos colaboradores  » Índice dos volumes   » Entre em contato

Powered by Publique!