Uma Terra somente

Distopia ambiental no cinema hollywoodiano (séc. XXI)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.46391/ALCEU.v21.ed43.2021.200

Palavras-chave:

Distopia; Cinema; Meio Ambiente; Ficção Científica, História

Resumo

O objetivo deste artigo é discutir, a partir do cinema hollywoodiano, as visões distópicas sobre o futuro, tomando como base o imaginário sobre o fim do mundo a partir da perspectiva de crise ambiental oriunda na segunda metade do século XX. A crise ambiental demonstra que os efeitos da ação humana, sob a égide do sistema capitalista, não apenas promoverão o esgotamento dos recursos naturais, como a transformação radical do clima, especialmente o aquecimento global, tornando o planeta inabitável para todas as espécies. Diversos filmes do gênero ficção científica trouxeram direta ou indiretamente em seus enredos a discussão da degradação ambiental e suas consequências para a humanidade. Nossa discussão se dará a partir de três filmes: 2012 (2009), Elysium (2013) e Interstellar (2014), obras cinematográficas representativas do argumento defendido, ou seja, a relação entre ficção científica, cinema e meio ambiente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

David Castro Netto, Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR)

Possui graduação em História pela Universidade do Sagrado Coração (2006). Cursou Especialização em História e Sociedade (2007) e concluiu o mestrado (2011) na linha de Política e Movimentos Sociais, ambos pela Universidade Estadual de Maringá (UEM) e é doutor em História pelo Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal do Paraná.

Roger Domenech Colacios, Universidade Estadual de Maringá

Pós-Doutor em História Ambiental pela Universidade Estadual Paulista (2017). Doutor em História Social pela Universidade de São Paulo (2014). Mestre em História Social pela Universidade de São Paulo/USP (2009). Graduação em História pela Universidade Estadual de Londrina (2006). Tem experiência na área de História, com ênfase em História das Ciências e Meio Ambiente. Docente de Metodologia e Técnica de Pesquisa (METEP) do Departamento de Fundamentos da Educação (DFE) na Universidade Estadual de Maringá (UEM). Docente do Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Estadual de Maringá (PPH/UEM) Coordenador do Laboratório de Pesquisa em Educação e História Ambiental (LEHA) da UEM. Membro do Laboratório de História e Meio Ambiente (LABHIMA) da UNESP/Assis e do Laboratório de Pesquisa em História e Memória Social (LAHMEM) da UEL. Membro do Laboratório do Tempo Presente (LabTempo) da UEM.

Referências

BACCOLINI, Raffaella. The persistence of hope in dystopian Science Fiction. PMLA, v. 119, n. 3, pp. 518-521, May, 2004.

BLOCH, Ernst. The principle of hope. V. 1. Cambdrige/EUA: The MIT Press, 1996.

CORNEA, C. Science fiction cinema: between fantasy and realiyu. Edinburg: Edinburg United Press, 2007.

FREEDMAN, Carl. Critical Theory and Science Fiction. Connecticut/EUA: Wesleyan University Press, 2000.

FURLANETTO, Elton L. A. O futuro como ruptura: a critica materialista-histórica de ficção científica e utopia. Remate de Males, vol. 32, n. 2, pp. 307-319, jul - dez, 2012.

JAMESON, Fredric. Archaeologies of the future: the desire called utopia and other science fictions. Londres/Inglaterra; Nova Iorque/EUA: Verso, 2005.

KOLKER, R. P. A cinema of loneliness: penn, Kubrick, Scorcese, Spielberg, Altman. 1. ed. New York: Oxford University Press, 1988.

LEV, P. American film's of the 70s: confliting visions. 1. ed. Houstin: University of Texas, 2000.

MIÉVILLE, China. Marxismo e fantasia. Margem Esquerda, ed. 23, pp. 107-117, 2014.

SCHATZ, T. The new Hollywood. In: COLLINS, J.; RADNER, H.; COLLINS, A. P. Film theory goes to the movies. London/New York: Routledge, 1993.

SUVIN, Darko. On the poetics of the Science Fiction Genre. College English, v. 34, n. 3, pp. 372-382, December, 1972.

SUVIN, Darko. Metamorphoses of Science Fiction. New Haven/Estados Unidos; Londres/Inglaterra, Yale Press University, 1979.

WILLIAMS, Raymond. Utopia and Science Fiction. Science Fiction Studies, v. 5, n. 3, pp. 203-214, nov, 1978.

WOOD, R. Hollywood from Vietnam to Reagan. 1. ed. New York: Columbia University press, 1986.

Publicado

2021-05-24

Edição

Seção

Dossiê Distopia e narrativas contemporâneas: a difícil arte de imaginar o futuro