Campanhas eleitorais

o processo decisório balizado pelo espetáculo político-midiático

Autores

DOI:

https://doi.org/10.46391/ALCEU.v17.ed34.2017.138

Palavras-chave:

Campanha eleitoral, Estratégias de campanha, Personalização e dramatização

Resumo

O campo político está constituído por um “espetáculo político-midiático” (Weber, 2011) que altera e dinamiza a sua relação com o campo midiático. Os acontecimentos políticos se esquematizam na luta de poderes entre estes dois campos, e é neste sentido que as campanhas eleitorais têm se delineado de distintas formas em cada pleito. A busca por visibilidade alterou as formas de construção dos políticos na mídia. Além disso, a constante evolução tecnológica obriga os candidatos a pensarem em diferentes estratégias de divulgação de seus pensamentos e de aproximação com o público eleitor. Objetivamos então entender como são construídas e que estratégias são empregadas nas campanhas eleitorais, além de construir um apanhado das estratégias empregadas ao longo das campanhas, com foco nas atuais estratégias de personalização (Charaudeau, 2016; Carvalho, 2010; Marques, 2016) e dramatização (Charaudeau, 2016; Ribeiro, 2004; WEBER, 2011).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rejane de Oliveira Pozobon, Universidade Federal de Santa Maria

Docente do Programa de Pós-graduação em Comunicação da Universidade Federal de Santa Maria. Professora Associada do Departamento de Ciências da Comunicação da Universidade Federal de Santa Maria. Doutora em Ciências da Comunicação pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (2007), Mestre em Educação pela Universidade Federal de Santa Maria (2002), Bacharel em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Maria (2000) e Bacharel em Relações Públicas pela Universidade Federal de Santa Maria (1998) . Áreas de interesse: Comunicação; Política; Estratégias Comunicacionais; Espaço Público; Opinião Pública. Líder do Grupo de Pesquisa "Comunicação e Política" (UFSM/CNPq).

Andressa Dembogurski Ribeiro, Universidade Federal de Santa Maria - UFSM

Doutoranda e mestre em Comunicação pelo Programa de Pós Graduação em Comunicação da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), integrante do Grupo de Pesquisa em Comunicação e Política (UFSM), graduada em Publicidade e Propaganda pelo Centro Universitário Franciscano.

Publicado

2017-06-10

Edição

Seção

Artigos