Futuros distópicos

Ecologia das Mídias em uma sociedade do algoritmo

Autores

DOI:

https://doi.org/10.46391/ALCEU.v22.ed46.2022.286

Palavras-chave:

Media Ecology Association, MEA, Futuros Distópicos, sociedade do algoritmo, Ecologia das Mídias

Resumo

Este Dossiê Temático tem sua origem na 22ª Convenção Anual da Media Ecology Association (MEA), realizada online em julho de 2021, organizada pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Esse encontro, que se realiza todos os anos desde 2003, consolida uma rede crescente de pesquisadores/as internacionais interessados/as em desenvolver o campo de estudos da Ecologia das Mídias. Nosso objetivo com esse número especial da ALCEU é apresentar uma amostra diversificada de pesquisas com abordagem ecológica para promover a interação da comunidade acadêmica brasileira com esse instigante campo do conhecimento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Adriana Braga, PUC-Rio

Graduação em Psicologia pela Fundação Universitária Mineira de Educação e Cultura, Mestrado e Doutorado em Ciências da Comunicação pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos. Autora dos livros "Introdução à Ecologia das Mídias" (com Paul Levinson e Lance Strate. Ed. Loyola, 2019), "Personas Materno-Eletrônicas: feminilidade e interação no blog Mothern" (Ed. Sulina, 2008); "Corpo-Verão: jornalismo e discurso na imprensa feminina" (Ed. PUC-Rio, 2016); e "CMC, Identidades e Género: teoria e método" (Ed. UBI/Portugal, 2005). Sua Tese de Doutorado foi a vencedora dos prêmios The Harold Innis Award 2007 (MEA/EUA) e Prêmio CAPES de Tese 2007. Professora Visitante na University of Macau (2018-2019), realizou Pós-Doutorado Sênior na UFMG (PDS/CNPq) e Pós-Doutorado Junior (PDJ/CNPq) na PUC/RS. Atualmente, é Professora Associada no Programa de Pós-Graduação em Comunicação da PUC-Rio e Vice-Presidenta eleita da Media Ecology Association para o triênio 2019-2021. Coordena o Laboratório de Mídias Digitais - LabMiD e o Grupo de Pesquisa em Interações Digitais - GRID/CNPq. Foi editora da Revista E-Compós (2010-2014), e entre 2010-2013 foi coordenadora do GT Recepção da COMPÓS. Tem produção na área de Comunicação, Informação, Linguística, Sociologia, Filosofia e Antropologia, atuando principalmente nos seguintes temas: interação social em ambientes digitais, Inteligência Artificial, Ecologia das Mídias, representações sociais, Teorias da Comunicação e Metodologias de pesquisa, cultura, gênero, jornalismo, corpo e imprensa feminina.

Referências

POSTMAN, Neil. Tecnopólio: a rendição da cultura à tecnologia. Tradução de Reinaldo Guarany. São Paulo: Studio Nobel, 1992.

BALKIN, Jack M. The Three Laws of Robotics in the Age of Big Data (2016 Sidley Austin Distinguished Lecture on Big Data Law and Policy). Ohio State Law Journal, n. 5, 2017, p. 1217–42.

Publicado

2022-05-18

Edição

Seção

Editorial