Psicologia, marketing e experiência elementar

implicações para o desenvolvimento do conceito de consumidor

Autores

DOI:

https://doi.org/10.46391/ALCEU.v17.ed33.2016.154

Palavras-chave:

História da psicologia, Experiência elementar e psicologia, História do marketing

Resumo

As novas tendências do marketing contemporâneo sugerem a inserção do tema da pessoa no que diz respeito às abordagens mercadológicas do conceito de consumidor, mas sem uma fundamentação antropológica, filosófica e psicológica específica. Na busca por uma fundamentação que desse suporte a essa tendência e ampliasse a discussão, foi analisada a abordagem da experiência elementar de Luigi Giussani (2009). O objetivo dessa pesquisa é compreender as possíveis relações entre a psicologia, o marketing e a experiência elementar em relação ao tema do consumidor enquanto pessoa. Essa pesquisa situa-se no âmbito temático entre o marketing e a psicologia do consumidor, relacionando as áreas numa perspectiva histórica no período que compreende o final do século XIX e XX. A conclusão remete à ideia de que no século XXI existe uma possibilidade de se considerar o consumidor como “pessoa”, e que a abordagem da experiência elementar pode ser pertinente para discutir essa aproximação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carmen Silvia Porto Brunialti Justo

Doutoranda no PPGCTS - Programa de Pós-Graduação em Ciência, Tecnologia e Sociedade da UFSCAR - Universidade de São Carlos. Mestrado em Psicologia pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto - USP. Graduação em Comunicação Social - habilitação em Publicidade e Propaganda pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (1990) e em Letras pela Fundação de Ensino Superior de Passos (2005) .Pós-graduada em Marketing pela ESPM - Escola Superior de Propaganda e Marketing(1994) . Professora e coordenadora dos Cursos de Comunicação - Publicidade e Propaganda, Jornalismo e Tecnólogo em Produção Audiovisual, do Centro Universitário Barão de Mauá.Também é orientadora de TCC e PIC - Projeto de Iniciação Científica, nos temas relacionados a : marketing e comunicação digital , história da comunicação, responsabilidade social e marketing de causas. É vice-líder do grupo de Pesquisa NIEPED - Núcleo Interáreas de Estudos e Pesquisa de Educação e Diversidade, responsável pelo Projeto "História, Memória e Cegueira: contriubuições da Escola para Cegos "Helen Keller" (1954 - 1990) de Ribeirão Preto à Educação", financiado pela FAPESP No. 2017/ 23240. Atuou como assessora de marketing e comunicação em empresas de pequeno e médio porte. Tem experiência na área de Comunicação, com ênfase em Marketing, atuando principalmente nos seguintes temas: publicidade e propaganda, marketing, comunicação de marketing, historia da psicologia, mídias digitais e marketing para o terceiro setor. 

Marina Massimi, Universidade de São Paulo - USP

Atualmente é Professora Senior do Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo.
Possui graduação em Psicologa - Università degli Studi di Padova (1979), mestrado em Psicologia (Psicologia Experimental) pela Universidade de São Paulo (1985) e doutorado em Psicologia (Psicologia Experimental) pela Universidade de São Paulo (1989). Professora titular aposentada da Universidade de São Paulo. 

Publicado

2016-12-10

Edição

Seção

Artigos