A significação da joia na contemporaneidade:

a percepção do consumidor e a produção de sentido das marcas

Autores

DOI:

https://doi.org/10.46391/ALCEU.v21.ed44.2021.242

Palavras-chave:

Joia, Sentidos da jóia, Consumo, Cultura material, Semiótica

Resumo

São complexas e cada vez mais desafiadoras as relações estabelecidas no âmbito do consumo. Como demonstram as teorias (sociologia e antropologia), o consumo envolve em uma lógica ritualística, mercadológica, vinculativa e relacional uma dimensão simbólica (dos significados), uma dimensão material (dos produtos) e uma dimensão humana (dos consumidores). Este artigo deriva de um esforço investigativo que abarca teoria e empiria, procurando entender os dilemas e os desafios do consumo de joias nos dias atuais. A partir do estudo realizado, de abordagem qualitativa e paradigma teórico interpretativista, propomos aqui discussões e reflexões sobre o desenvolvimento do mercado joalheiro no Brasil, o consumo simbólico na contemporaneidade e o efetivo papel da comunicação publicitária nas dinâmicas do consumo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Clotilde Perez, Universidade de São Paulo - USP

Bolsista Produtividade 2 do CNPq. Professora titular de Publicidade e Semiótica da ECA - USP (2017). Livre-docente em Ciências da Comunicação pela ECA - USP (2007). Pós-doutora em Design Thinking pela Stanford University (2013). Pós-Doutora em Comunicação pela Universidad de Murcia, España, com bolsa da Fundación Carolina (2009). Pós-doutora pela Universidade Católica Portuguesa, Porto (2011). Doutora em Comunicação e Semiótica (2001) e Mestre em Administração de Marketing (1998) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Administradora formada pela PUC SP (1994). Professora do CRP ECA USP (desde 2002) na graduação em Publicidade e no programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação. Chefe do Depto CRP - Relações Públicas, Publicidade e Turismo da ECA USP (fev. 2017-fev.2021). Professora da PUC SP (desde 1995). 

Bruno Pompeu, Universidade de São Paulo - USP

Bruno Pompeu é publicitário, formado em 2004 pela Escola de Comunicações e Artes, da Universidade de São Paulo (ECA-USP). É mestre (2009) e doutor (2013) em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo (PPGCOM-USP), tendo se dedicado desde então aos estudos do consumo, da linguagem e da comunicação, publicitária tendo por base teórico-metodológica a semiótica. É professor do curso de Publicidade e Propaganda da Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM-SP) na disciplina Pesquisa de Tendências. É também professor da Escola de Comunicações e Artes (ECA-USP), como voluntário, em atividade parte do seu pós-doutorado, nas disciplinas Linguagem Publicitária e Redação Publicitária I. 

Publicado

2021-09-29

Como Citar

Perez, C., & Pompeu, B. (2021). A significação da joia na contemporaneidade:: a percepção do consumidor e a produção de sentido das marcas. ALCEU, 21(44), 72–93. https://doi.org/10.46391/ALCEU.v21.ed44.2021.242

Edição

Seção

Artigos